5 razões para ter um site para minha empresa

Ter um site, hoje, é uma questão de existência digital. Quando alguém ouve falar da sua empresa, uma das primeiras coisas que as pessoas fazem é procurar sobre ela no Google (e, claro, nas mídias sociais). 

Se a sua empresa não tem um site, ela já sai atrás na conquista do cliente. Isso acontece por alguns motivos, como credibilidade e a oportunidade de se comunicar com o público. 

Diante desse cenário, seguem algumas razões para ser indispensável o desenvolvimento de um site para a sua empresa:

1) Ser encontrado ao ser procurado

Como dito anteriormente, uma busca no Google pelo nome da sua empresa pode gerar uma visita em seu site, se você tiver um. Se não, talvez não haverá como ser encontrado e, consequentemente, ser contactado. 

Esse site não precisa ser o mais caro e bem construído do mundo (apesar de que, quanto mais perto disso, melhor). Mas, o bom é inimigo do ótimo. 

Então, faça sempre o melhor que seu poder de investimento permite. Lembre-se que o tempo útil de um site é, em média, de 2 anos (dependendo até mais, fazendo ajustes e atualizações de sistema e conteúdo), então, economizar em algo que será a presença on-line da sua empresa e o seu cartão de visita num mundo cada vez mais digital pode não ser a melhor estratégia.

2) Contar a história da sua empresa

Muitas empresas não ligam para a parte institucional de um site e muitos visitantes não se importam com isso. Mas, se você tem a oportunidade de contar a sua história, de como ela cresceu e evoluiu ou, ainda, como ela está chegando no mercado de forma profissional e confiável, não deixe de fazê-lo. 

Uma companhia com uma história gera confiança e engajamento do visitante. Ele pode se ver na mesma narrativa, ligado de alguma forma e se conectar pelo esforço que a equipe fez para estar ali. Ou o seu futuro cliente pode simplesmente pensar “Essa empresa deve ser confiável, afinal ela tem anos de atuação”.

3) Mostrar o que você faz, o que vende e pra quem vende

Claro que só a sua história não venderá o seu serviço e produto. Afinal de contas, ninguém compra isso. As pessoas compram os benefícios que seu produto e/ou serviço trarão para ela.

Dessa forma, ter um site é importante para mostrar para o mundo o que você faz e qual benefício isso traz. E, caso queira corroborar ainda mais com o quesito “confiança”, você também pode mostrar para quem a sua empresa vende. 

4) Se relacionar

Um site é, no final das contas, um canal de relacionamento. Se um possível cliente encontra a sua empresa na internet, isso possibilita que ele converse com você. 

Use e abuse de canais de relacionamento no site como chats, números de telefone, Whatsapp, formulários de contato, enfim. Mas, lembre-se: se relacionar é uma via de mão dupla, então o ideal é utilizar pontos de contato que a sua empresa é capaz de operar e responder, para que o cliente não fique sem resposta e, com isso, contrate o concorrente.

5) Fazer campanhas e seguir seu cliente

Um site no ar abre a possibilidade de criar diversas campanhas de marketing, tanto on-line como off-line, pois é um ponto de contato e informação, como vimos até aqui. 

Você pode fazer campanhas em redes sociais para levar pessoas ao site da sua empresa para que elas consumam conteúdo lá ou fazer campanhas de busca no Google (e outros buscadores) para que elas encontrem seus produtos e serviços. 

Além disso, você ainda pode fazer campanhas de remarketing para quem visitou o site da sua empresa. Ou seja, se alguém viu um determinado produto, você pode fazer uma campanha oferecendo esse mesmo produto com desconto nas redes sociais, entregando a mensagem somente para quem o visitou anteriormente. 

Sem um site no ar, nenhuma dessas estratégias de aumento de vendas podem ser utilizadas e a sua empresa poderá estar perdendo oportunidades únicas de negócio.


Você também pode gostar

Preciso de uma agência! E agora? 5 dicas para não contratar errado!

Confira cinco pontos importantes para se levar em consideração na hora de contratar uma agência de marketing digital.

Leia Mais

Gestão de crise: use a aproximação e o relacionamento com o cliente a seu favor

A crise provocada pelo coronavírus (Covid-19) na economia transformou a tecnologia em principal aliada de muitos negócios. O momento pede aproximação com o cliente e uma análise dedicada do cenário.

Leia Mais